Capitale

Search
Close this search box.
Edit Template
Search
Close this search box.

Crescimento do Mercado Livre de Energia

art08-capa

O crescimento do Mercado Livre de Energia é um tema que interessa à todos nós, visto que viabiliza uma maior liberdade para escolher seu fornecedor de energia e diminuir custos. 

Quando falamos referente ao crescimento, o de 2019 foi mais tímido, sendo de 6% em relação a 2018, e ainda assim foi o suficiente para movimentar mais de R$ 130 bilhões de Reais. Já em 2020, o aumento passou dos 30%, segundo dados da Abraceel 

 

Abaixo entraremos em mais detalhes sobre esses números! 

Esse número foi comparado com o ano de 2020 segundo a CCEE. Em janeiro de 2021, a energia total consumida foi equivalente a 22.475 MW médios. 

 

Desde agosto de 2020, houve um aumento considerável no consumo de energia, especialmente no setor industrial. Provavelmente isso se deve aos efeitos da pandemia. Além disso, nenhum setor teve queda no consumo.  

 

Você sabe como funciona, e o motivo desse crescimento do Mercado Livre de Energia? 

O Mercado Livre de Energia compreende dois tipos de consumidores: livres e especiais.  

Para ser um consumidor especial, o pré-requisito é consumir entre 500 kW e 2.500 kW. Além disso, a compra deve ser feita de fontes eólicas, solares, de biomassa ou das pequenas centrais hidrelétricas. Já o consumidor livre deve consumir minimamente 2.000 kW de energia, e ela pode ser proveniente de qualquer fonte. 

 

Se a sua empresa ainda não faz parte do Mercado Livre de Energia, é simples fazer a migração. Primeiro, é preciso buscar uma empresa autorizada pela Aneel e que tenha registro na CCEE. Devem ser feitos alguns aportes de garantias e estudos de viabilidade para a migração. 

 

Outro ponto importante é que para migrar, o consumidor livre deve ser representado pelo varejo e ser um agente da CCEE. Além disso, caso haja um contrato vigente, ele precisa ser rescindido 6 meses antes de aderir ao mercado livre. 

 

Vale pontuar também que, se o consumidor desejar voltar a ser cativo, o aviso deve ser feito com 5 anos de antecedência, mas os prazos podem ser mais flexíveis. 

 

Quais serão as previsões de custos para os próximos anos? 

Em 2015, quando tivemos a segunda crise hídrica mais grave no Brasil, houve um grande aumento do custo de energia.  

 

Isso aconteceu porque, com os níveis baixos nos reservatórios de água, a alternativa encontrada pelo governo foi produzir energia a partir das termelétricas. O problema é que os custos de produção são muito maiores, e isso refletiu diretamente no bolso dos consumidores livres e ativos. 

 

Em algumas regiões do Brasil, a bandeira tarifária aumentou em mais de 100%.  

 

A expectativa para 2021 era do impulsionamento do consumo de eletricidade de terceiros e pagar valores fixos apenas às distribuidoras.  

 

De janeiro a maio de 2021, o número de novos consumidores livres foi de 729 agentes. Em média, 140 novos consumidores entram no mercado todos os meses, e a previsão é que para o ano de 2022 esse número seja ainda maior. 

 

Ou seja, migrar para o Mercado Livre de Energia proporciona diversos benefícios às empresas, tais como: 

  • Taxas reduzidas; 
  • Melhores preços para negociação de energia; 
  • Permite o uso de energia sustentável; 
  • Previsibilidade orçamentária. 

 

Quais são as suas principais dúvidas em relação ao Mercado Livre de Energia? Fale com nossos especialistas e entenda as vantagens para a sua empresa. 

Secured By miniOrange